sábado, 24 de março de 2012

Maior amiga *

Tu és sem dúvida uma das minhas, sabes bem.
Lembro-me do primeiro dia em que te vi, do tipo ' aquela? meu Deus, que estérica! ' ahah. Lembro-me de quando chegaste à escola com o teu vestidinho em tons de rosa, com o cabelo apanhado, um relógio cor-de-rosa e que chegaste ao pé de mim com uma vozinha fininha e disseste ' olá, sou a Valéria ' com aquele teu ar ternurento e fofinho *-* (que entretanto perdeste ahah)
Acredita que nada vai travar esta amizade que já leva sete anos !
Do nosso 'grupinho' sempre foste a mais certinha, como nós dizemos, a mais normal (a) - dentro do grupo a mais anormal, vendo assim - mas acredita que isso nunca fez de ti menos importante. Sempre foste a nossa Valériazinha, a nossa menina fofinha lá de Carrazeda. 
Lembro-me de chorar imenso quando soube que te ias embora, pensava que nunca mais ia ser como era antes, estava enganada .. apesar de não te ter sempre aqui, com os nossos códigos, sorrisos, gargalhadas, almoços, passeios, conversas e palhaçadas isso não implica nada. E se queres saber, guardo tudo isso no meu coração. Estarás sempre presente, estando tu em Carrazeda, Vila Flor ou na China !
Amo-te muito maior, e o teu lugar ? nunca ninguém irá ocupar. És insubstituível. 
És a minha menina, a minha marrona, a minha estérica, a minha irmã. E sei que contigo é para sempre maior. *
Um grande obrigada por tudo, tudo mesmo.

sexta-feira, 23 de março de 2012

[ é isso ]

E eu sei que já disse não sei quantas vezes que não ia passar pelo mesmo novamente, tentei convencer-me a mim mesma. É, ninguém consegue escapar ao querido cupido.
Ele anda por aí, tu não o vês; ele aparece quando menos esperas, quando menos contas com a sua presença. É, é tipo isso.
Acerta logo em ti e na pessoa errada .. na que tu consideras errada. Naquela que em tempos era totalmente indiferente, mais uma que aí anda, e com a ajuda do amigo cupido se torna 'na' pessoa especial, naquele a quem chamam de 'cara-metade'. É, quase isso.
Eu não quero com isto dizer que o cupido é mau, não, ele apenas acaba por nos colocar provas de fogo à frente. É.
E aí sim, a tua cabeça fica em água, essa pessoa entra no teu coração e na tua cabeça e não sai, não é ? É isso, é.
E quem é que eu quero enganar ? a verdade é que eu sou mortal, como todos os outros, o cupido também me acerta. Acertou, em cheio, num daqueles que eu menos esperava. Pregou-me uma bela partida, caí que nem uma patinha. Admite lá, aqui para nós, é uma sensação estranha. É, não é ?
Anda tudo com a cabeça feita em água à conta desse nosso amigo, já ninguém lhe escapa, por muito que vires a todas as esquinas com toda a cautela. É isso.
Eu fui atingida, não foi mau .. acho que o amor é uma sensação única, inexplicável, fantástica e bonita de se viver. É, eu não tenho medo do amor. Tenho medo é do que a distância possa causar nele. Alguém me disse que ' o amor é maior do que a distância ' mas, será que é sempre ? É, tem de ser.
Confesso que estou confusa e com receios mas, a vida já me ensinou que se vive um dia de cada vez, é .. vou fazer isso. É o meu grande lema agora, é .. Cansei-me de sofrimento por antecipação !
Eu já não sei, mas acho que o amor é bom. Tem um lado bom .. pelo menos, né ? 
Na minha opinião tem, o lado em que vives tudo daquela forma que só se sente. É, eu já vivi disso. O pior foi o que veio a seguir, mas não, eu não posso confundir esta 'nossa' história com antigas. Uma história é uma história, não é ?
Mas sim, se calhar foi o meu querido amigo cupido que fez das dele .. é, é isso. 

quinta-feira, 22 de março de 2012

Minhas feias *

E sim, vou mesmo fazer-vos um dos meus textos fofinhos mores (a)
Mas como não vos quero fazer chorar muito, vou tentar ser ' breve ' se é que vocês entendem, ahah.
Então é assim, eu conto convosco para tudo, vocês estão sempre lá e eu para vocês. É talvez o nosso grande lema.
Acreditem que vocês, independentemente do que acontecer, vão cá estar sempre e mesmo que estejamos uma em cada canto do Mundo eu nunca vos esquecerei, vocês serão sempre as minhas pitas. As pitas que ocupam km no meu coração !
A vocês as duas tenho de agradecer por uns grandes sete aninhos, que quero que se repitam não sei quantas vezes.
E tenho-vos a dizer que sois grandes pessoas, grandes amigas e grandes companheiras. As minhas companheiras.
Obrigada por mil sorrisos, mil momentos, mil tardes, mil noites e mil palhaçadas.
Não vos sei definir um 'sempre' mas se ele for o tão bom e prolongado quanto dizem, é isso que eu tenho para vocês.
Vocês são daquelas pessoas mesmo completas, umas grandes amigas ! Sabem brincar quando é tempo disso, ajudar sempre, e ter conversas sérias quando elas são precisas.
Como não quero provocar muito choro aí nas vossas casinhas fofitas, e não quero ver essas caras pirosas (a linda sou eu xd) com lágrimas - mesmo sendo elas, no fundo, de felicidade - e como estamos em crise não quero que gastem muitos lenços de papel (a) não vou demorar muito mais.
Com isto, só quero mesmo que vocês percebam o quanto são especiais e importantes. Vocês marcaram-me muito, estão na minha história, estarão sempre. 
Prometo tomar conta de vós, por tudo o que sois.
Sei por tudo o que vocês já passaram, tudo o que já sofreram e sei também que se levantaram sempre como fortes que sois !
E sim, podem dizer o que quiserem de vocês, eu não sou manobrável e vou estar sempre convosco.
Obrigada por sete anos, uns grandes sete anos. *
' D. Anabela ? são só uns trabalhos de matemática :o ' ahah, sou grande aldrabona xd




E se ouvirem alguém dizer que tem duas grandes amigas pirosas e dizer que as ama muito, essa serei eu. Porque sim, eu amo-vos muito !

quarta-feira, 21 de março de 2012

Minhas *

E devo dizer, antes de mais nada, que vocês são das que mais merecem que eu escreva isto. *
Maria, nove anos ? meu Deus, o que eu já aturei de ti e tu de mim :o ahah
Bruna e Inesinha, sete anos ? é realmente muito :o


E sim, lembro-me de tudo desde o primeiro dia, de quando vos vi pela primeira vez. Lembro-me também da primeira brincadeira juntas, da primeira gargalhada, do primeiro ' olá '. Mas lembro-me também da primeira zanga, da primeira discussão e dessas cenas todas. E acho isto importante, sim, afinal depois disso continuamos cá, unidas não é ?
Acreditem que são das que mais me fazem falta, cada uma à sua maneira. Tu ó Xaninha (a), és aquela que me põe sempre a rir, que me limpa as lágrimas e eu a ti; tu Toya, és aquela com quem falo todos os dias, a toda a hora; tu, Ágata, és a mais menina do 'grupo', a mais frágil e ao mesmo tempo a nossa maluquinha.
Do tipo, aqui a Anuxa Bacalhau precisa muito de vocês irmãs, sempre !
Só nós sabemos as tardes, as gargalhadas, as sessões, os karaokes, as noitadas, os telefonemas, as mensagens, os anos *
A nossa amizade é criticada, claro, pelos que não a conhecem e .. ainda mais pelos que a invejam. 
E hoje ? ' a xana, a xana ' ! só vocês sabem *-*
Obrigada por terem posto muitos sorrisos na minha cara, vocês serão sempre cá das minhas, estejam onde estiverem, seja a distância qual for, aconteça o que acontecer, venha o que vir, vocês já me deram provas de que esta amizade é verdadeira ! 
Já nada é o mesmo sem vocês, sem nós e os nossos momentos. Acreditem, vocês marcaram-me muito, com aquele vosso toque especial que vocês dão às coisas !
Acho que nunca vos disse o quanto sois lindas, o quanto são queridas, o quanto são porcas (as melhores amigas tem destas coisas, sim?), o quanto são para mim e na minha vida ! Também acho que nunca vos disse que são dos meus grandes pilares, que me apoio muito em vocês e nos nossos momentos.
Sinceramente ? acho que nunca vos disse, sobre vocês, metade do que me vai na cabeça ! Nunca vos disse que o vosso sorriso me diz mais do que sei lá quantas palavras, o quanto é bom estar com vocês.
E quando vejo os nossos vídeos ? aí parece que volto a reviver tudo, a sentir todas as gargalhadas novamente, a sentir aquela coisa que não tem explicação, há quem lhe chame de alegria.
É verdade que às vezes somos muito infantis, outras muito parvas umas com as outras mas, o que torna a nossa amizade tão especial também é isso.
E agora 15 dias sem vocês ? era, não era ? Sábado minhas, sábado (a)
Acho que, em quase nenhum dia dizemos o quanto gostamos umas das outras, mas às vezes lá vem os nossos ' abraços em família, de peixeiras ' (a). É claro que isso sabe muito bem, mas na verdade, prefiro milhões uma tarde como aquelas a que estamos habituadas.
Todas as aventuras com vocês valem a pena, as figuras tristes que faço com/por vocês valem a pena, o estrilho que armamos vale a pena; e sabem porquê ? é assim que sou feliz, e isso basta bem !
Podemos ter gostos diferentes; eu prefiro futebol, a Bruna ping-pong, a Maria cantorias e a Inês bonecas. Sim, somos completamente distintas umas das outras, parece ser impossível (à primeira vista) pessoas tão diferentes darem-se tão bem.
Somos totalmente anormais, com as nossas ' violações laterais, frontais e à retaguarda (a) ' mas a verdade é que isso é que faz da nossa amizade tudo aquilo que ela é, única.
Sois as melhores, sempre. *


Como isto não vai ser explicado por palavras, fica só mais isto :
- Nós ? é do tipo nada nem ninguém, bfs feiosas *


ps: falta a nossa Soraia.

quarta-feira, 7 de março de 2012

Ana Filipa *

E, se calhar nem te vais dar ao trabalho de ler tudo isto. Mas bem, acho que tudo aquilo que já vivemos o merece.


Ana Filipa, sabes que foram onze anos onde nos zangámos algumas vezes ( nunca desta forma mas coise ) ; mas, todas as amizades tem destas coisas.
Sabes que já passámos grandes momentos juntas, grandes tempos, grandes anos !
Queria que percebesses que, apesar de tudo, eu gosto muito de ti.
Talvez tenhamos maneiras diferentes de pensar .. mais do que pensávamos mas, na realidade,  todos sabemos que não existem pessoas iguais. Talvez tu penses de uma maneira mais .. como devo dizer, descontraída ? talvez tenhas mais paciência para certas coisas do que eu.
Sinceramente, não sei o que te dizer mais. Acho que, no fundo, o que te quero dizer é que não quero que aquela discussão acabe com a nossa amizade.
Gosto mesmo de ti pita dmc ( não aches que pita é um insulto, chamo vacas às minhas melhores e elas a mim por isso coise xd ), e não quero que 10-11 minutos acabem com 10-11 anos de amizade pura !
Espero que isto não seja o fim de nada, mas sim um recomeço, se for mesmo o fim .. bem, resta-me dizer-te isto Ana Filipa: sê muito feliz, luta por tudo o que queres realmente, não rebaixes a cabeça - tu sabes o teu próprio valor, e lembra-te sempre que vais ter sempre uma grande doida, tosca, parola e chata a gostar muito de ti e a torcer pela tua felicidade : eu.
ps : acredites ou não, isto veio tudo do coração e é sincero, tão sincero como este gosto muito de ti e jamais te esquecerei !

quinta-feira, 1 de março de 2012

**

' Cansei-me de virar páginas. Está na altura de mudar de livro. '

Quem ama não esquece, assim como quem ama não trai. *










( nem todos conseguiram perceber, percebe quem tem mesmo de perceber, né ? )